CONSEQUENCIAS DA RESPIRAÇÃO BUCAL

LOCAIS 

 

Sem os filtros do nariz o ar passa pela boca e pode-se constatar os lábios rachados quando há alteração na temperatura do ambiente, segue pelos dentes anteriores provocando tártaro, na mucosa o ressecar causa a sede constante e, na parte posterior, as bactérias provocam o aumento de amídalas e adenoides que não podem ser removidas porque assim que a respiração passar a ser nasal elas retornam ao tamanho natural e continuam cumprindo sua função.-O palato é dividido em duas partes: palato duro, na parte anterior chamado assim pela presença do osso , e o palato mole, na parte posterior , constituído por tecidos moles. Quando o palato duro se eleva o palato mole se mantém preso aos músculos posteriores, se inclina e a passagem do ar provoca uma vibração e um ruído que chamamos de ronco.

-É comum o aparecimento de dores de ouvido, sinusites, meningites e a entrada de ar direto para os pulmões , não mais filtrado pelo nariz, pode levar resíduos indesejáveis para o pulmão e para o estômago.

-Provoca alterações nas alturas dos olhos,orelhas e ombros.

-Pode provocar dores de cabeça, ombros, nas costas etc.

 

GERAIS

 

É fácil notar que o ar entra pela boca,seca os dentes anteriores impedindo a saliva de atuar como um detergente para a eliminação das placas que se formam sobre os dentes. À noite ele dorme de boca aberta e é a hora em que mais existem bactérias na boca ,todas sem a ação da saliva.

Sempre olhamos para a boca aberta mas esquecemos de olhar para o nariz.Com esta idade já apresenta desvio de septo, que provoca alterações faciais levantando o lado da face.

É fácil notar que o ar entra pela boca,seca os dentes anteriores impedindo a saliva de atuar como um detergente para a eliminação das placas que se formam sobre os dentes. À noite ele dorme de boca aberta e é a hora em que mais existem bactérias na boca ,todas sem a ação da saliva.

1/2

Alterações na coluna provocando a projeção do pescoço e cabeça para frente, como se quisesse respirar antes do que os vizinhos. Aprofundamento do tórax ( o peito pode apresentar um "sulco"), o desvio da coluna para o lado (escoliose) fará com que um ombro fique mais alto do que o outro levando alterações para a bacia , o que dará a impressão de ter uma perna mais comprida do que a outra. As alterações  ocorrerão até o pé.

A kinesiology diz que " Os músculos posturais trabalham na forma de conjuntos sinérgicos ou antagônicos. Alguns autores consideram essas cadeias musculares partindo dos pés e as chamam de “cadeias ascendentes”, outros consideram o ponto de partida em cima e as denominam “cadeias descendentes”. A maior parte do tempo, estas duas descompensações coexistem". Isto quer dizer que , se o problema está na boca não adianta fazer intervenções nas consequencias: remover defesas como amidalas e adenóides, tratar da dor de ouvido, da sinusite,do desvio de septo, interferir na coluna vertebral ou seus prolongamentos quando o problema é todo consequencia da respiração bucal.